Instituto TIM   English

 

APOIO A AÇÕES DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E QUE PROMOVAM A POPULARIZAÇÃO E DIFUSÃO DA CIÊNCIA

Em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Instituto TIM apoia 50 projetos de divulgação, educação e desenvolvimento de produtos realizados por 37 museus e centros de ciência e tecnologia, instituições de ensino e pesquisa e universidades de todas as regiões do Brasil.

As iniciativas contemplam formação de professores, desenvolvimento de materiais didáticos, sites e aplicativos, exposições científicas, atividades em escolas, pesquisas científicas, eventos abertos de divulgação (como peças de teatro), peças de comunicação (como programetes de rádio), expedições a comunidades ribeirinhas, expansão de acervos, entre outros. As ações são direcionadas ao público de 4 a 10 anos e voltadas especialmente ao tema da luz, em comemoração ao Ano Internacional da Luz, celebrado em 2015.

Consulte a Chamada MCTI/CNPQ/SECIS/TIM – Atividades de Divulgação Científica Voltadas ao Ano Internacional da Luz e conheça os projetos selecionados

 

 

QUAL É O CENÁRIO EM QUE O PROJETO SE INSERE?

Segundo o Centros e Museus de Ciência do Brasil de 2015, há, em todo o país, pelo menos 268 espaços voltados à popularização da ciência. São museus, zoológicos, planetários, jardins botânicos que se articulam com a comunidade escolar do entorno e oferecem espaços de educação e entretenimento também para o público mais amplo. Sua distribuição é desigual: 155 estão no Sudeste; 44, no Sul; 43, no Nordeste; 15, no Centro-Oeste; e 11, no Norte.

Ainda que recebam investimentos governamentais e apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), muitas dessas instituições precisam de recursos de organizações como o Instituto TIM para potencializar suas ações.

 

 

 

LINHA DO TEMPO

2012/2013

  • Início das ações da linha de apoio a museus e centros de ciência e tecnologia do Instituto TIM. 5 instituições foram selecionadas para receber o apoio:
    • Espaço do Conhecimento UFMG, vinculado à Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte-MG
    • Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), no Rio de Janeiro-RJ
    • Museu Paraense Emilio Goeldi, também ligado ao MCTIC, localizado em Belém-PA
    • Museu de Ciências Naturais, vinculado à Universidade Federal do Paraná, em Curitiba-PR
    • Espaço Ciência, vinculado à Secretaria de Ciência e Tecnologia de Pernambuco (SECTEC), localizado em Olinda-PE
  • Encerramento das atividades apoiadas pelo Instituto TIM no Espaço do Conhecimento UFMG
    • Entre 2012 e 2013, 131.454 pessoas foram envolvidas

2014

  • Encerramento das atividades apoiadas pelo Instituto TIM no Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST)
    • Entre 2013 e 2014, 17.312 pessoas foram envolvidas
  • Encerramento das atividades apoiadas pelo Instituto TIM no Museu Paraense Emilio Goeldi
    • Entre 2013 e 2014, 16.675 pessoas foram envolvidas

2015

  • Encerramento das atividades apoiadas pelo Instituto TIM no Museu de Ciências Naturais da UFPR
    • Entre 2013 e 2015, 4.436 pessoas foram envolvidas
  • Estabelecimento de parceria entre Instituto TIM e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
  • Lançamento do edital de apoio a museus e centros de ciência e tecnologia, realizado pelo Instituto TIM em parceria com o CNPq (Chamada MCTI/CNPQ/SECIS/TIM – Atividades de Divulgação Científica Voltadas ao Ano Internacional da Luz)

2016

  • Divulgação do resultado do edital IT/CNPq
  • Início das atividades dos 50 projetos selecionados
    • Somadas, as ações envolveram cerca de 75.000 pessoas em 2016
  • Encerramento das atividades apoiadas pelo Instituto TIM no Espaço Ciência
    • Entre 2013 e 2016, cerca de 200.000 pessoas foram envolvidas

2017/2018

  • Continuação das ações apoiadas pelo Instituto TIM por meio do edital IT/CNPq

 

 

RESULTADOS E CONQUISTAS

O edital de apoio a museus e centros de ciência e tecnologia do Instituto TIM/CNPq foi lançado em Brasília durante o encerramento da 11ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia pelo secretário de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social do MCTI, Oswaldo Duarte.
Saiba mais: Secretário do MCTI apresenta edital

O Instituto TIM foi homenageado na abertura da 12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. A secretária executiva do MCTI, Emília Ribeiro, fez o anúncio oficial do primeiro edital de apoio a museus e centros de ciência e tecnologia Instituto TIM/CNPq e entregou ao presidente do Instituto TIM, Manoel Horacio, uma placa de agradecimento.
Saiba mais: Homenagem e atividades na 12ª SNCT

Uma das três propostas da Universidade Estadual de Roraima contempladas pelo edital promove exposições interativas sobre a importância da luz para a evolução da vida na Terra. Em Curitibanos, um dos projetos da Universidade Federal de Santa Catarina leva estudantes do 4º ao 6º ano para fazer atividades ligadas a sensoriamento remoto no campus.
Saiba mais: Edital: conheça dois dos projetos

Dois dos projetos contemplados no edital convidam crianças de 7 a 10 anos a aprender sobre luz e energia fazendo experiências e brincando, enquanto os professores passam por formações. As iniciativas são do Museu Interativo de Ciências do Sul Fluminense, de Barra Mansa, e da Universidade do Estado do Amapá, de Macapá.
Saiba mais: Edital: exposição e brinquedoteca

Duas instituições apoiadas pelo Instituto TIM convidam crianças de regiões de difícil acesso da Amazônia a refletir sobre o ambiente em que vivem. O projeto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas está em andamento em escolas de Manacapuru-AM e a Universidade Estadual de Roraima levará oficinas de câmeras pinhole ao Baixo Rio Branco-RR.
Saiba mais: Projetos para crianças da Amazônia

Duas iniciativas apoiadas pelo Instituto TIM levam experimentos científicos sobre a luz a crianças de escolas municipais de Natal e Campina Grande. Os projetos são realizados pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte e pela Universidade Federal de Campina Grande.
Saiba mais: Edital: experiências em aula

Professores do Ensino Fundamental I das regiões de Ribeirão Preto-SP e Lajeado-RS estão recebendo formações para aprimorar o ensino de ciências. As iniciativas são realizadas, respectivamente, por projetos da Universidade de São Paulo e do Centro Universitário Univates.
Saiba mais: Formações de professores em ciência

O projeto “Luz, cores, ação!”, da Universidade Federal de Campina Grande, está levando apresentações de teatro e oficinas de atividades relacionadas a luz e cores a escolas públicas de Campina Grande e região.
Saiba mais: Teatro, oficinas e livro sobre luz e cores