Instituto TIM   English

 

PARA QUE AS CRIANÇAS APRENDAM MAIS SOBRE ESSE JEITO TÃO BONITO DE OLHAR, PENSAR E AGIR SOBRE O MUNDO

TIM Faz Ciência é uma ação educativa que convida professores(as) e alunos(as) de 4º e 5º anos a explorar 7 operações intelectuais próprias à produção de conhecimento.

O programa foi elaborado a partir da afirmação do pensador Neil Postman, que disse que todo o conhecimento que produzimos é resultado de algumas operações intelectuais: observar, verificar, classificar, questionar, definir, aplicar e generalizar. Para TIM Faz Ciência, mais importante do que ensinar o que foi pensado e produzido pela ciência, é fazer as crianças compreenderem os mecanismos que os cientistas usaram para chegar àqueles resultados.

O ciclo do programa pode ser dividido em quatro grandes ações:

  1. Inscrição. Para participar, os professores e professoras podem se inscrever de duas formas: por meio das Secretarias Municipais de Educação com quem o programa estabelece parcerias ou por meio de inscrições espontâneas.
  2. Materiais didáticos. Cada kit contém cadernos do professor (uma Bula e sete cadernos sobre cada uma das operações), Caderno do Estudante, videoaulas e contações de histórias em vídeo.
  3. Encontros de formação. Nas cidades parceiras são realizadas diversas formações ao longo do ano. Nesses encontros, os professores são apresentados ao programa, compartilham experiências e discutem temas ligados à educação.
  4. Atividades em sala de aula. Com os materiais em mãos e o apoio das formações, os professores aplicam o programa com seus alunos. Os relatos das atividades são enviados à Central de Relacionamento e publicados nos canais do programa.

Visite o site de TIM Faz Ciência para saber mais sobre a iniciativa
Acesse as videoaulas do professor José Sérgio Carvalho e as histórias de cada operação contadas por Kiara Terra
Acesse e baixe os materiais didáticos: Bula, Observar, Verificar, Classificar, Questionar, Definir, Aplicar e Generalizar e Caderno do Estudante
Assista aos depoimentos de grandes nomes da educação na Galeria de Pensadores de TIM Faz Ciência

 

 

 

QUAL É O CENÁRIO EM QUE O PROJETO SE INSERE?

No mais recente PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes), de 2015, o desempenho dos alunos em ciências deixou o país na 63ª posição em uma lista de 70 nações. A média dos estudantes brasileiros foi de 401 pontos, enquanto os estudantes dos países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) obtiveram média de 493 pontos. Essa diferença equivale, aproximadamente, ao aprendizado de três anos letivos.

A queda vai na contramão dos crescentes investimentos do governo em educação: em 2015, o PISA mostrou que o gasto do Brasil por aluno, acumulado entre as idades de 6 e 15 anos, foi de US$ 38.190 − o equivalente a 42% da média de US$ 90.294 de investimento por aluno dos países da OCDE. Em 2012, o gasto por aluno equivalia a 32% do montante investido pelos países do bloco. Analistas afirmam que, além de investir recursos de forma mais inteligente, é necessário colocar como prioridade a formação e a valorização do professor.

 

 

LINHA DO TEMPO

2013

  • Criação e elaboração do kit didático de TIM Faz Ciência: cadernos do professor e Caderno do Estudante, videoaulas e contação de histórias em vídeo

2014

  • 2.291 professores e professoras e 68.730 alunos e alunas de 945 escolas em 246 municípios participaram do programa
  • 53 encontros de formação foram realizados em 24 municípios
  • 3 educadores foram homenageados com o Prêmio TIM Faz Ciência

2015

  • 3.954 professores e professoras e 124.827 alunos e alunas de 1.283 escolas em 232 municípios participaram do programa
  • 144 encontros de formação foram realizados em 31 municípios
  • 6 educadoras foram homenageadas com o Prêmio TIM Faz Ciência

2016

 

 

RESULTADOS, CONQUISTAS E HISTÓRIAS

O material de TIM Faz Ciência foi explorado em um artigo acadêmico elaborado pela professora Ariane Baffa e por duas alunas da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), no Mato Grosso do Sul. O artigo foi apresentado na III Conferência da Associação Latinoamericana de Investigação em Educação em Ciências, realizada no México. Além disso, Ariane utilizou o material em disciplinas que ministra no curso de Licenciatura em Física da UFGD.
Saiba mais: Professora da UFGD adota material de TFC

Diversas ações realizadas em escolas públicas de todo o país por meio de TIM Faz Ciência causaram mudanças que permanecem até hoje. Em Fortaleza-CE, as crianças formaram um Clube de Ciências na escola que continua funcionando e, em Florianópolis-SC, contribuíram para a criação de um parque municipal.
Saiba mais: TFC: ações que mudaram a escola e a comunidade

Em 2016, a homenagem aos professores foi realizada em um novo formato, o Colóquio de TIM Faz Ciência, que também marcou o encerramento do programa. Foram convidados a apresentar trabalhos no Colóquio Patrícia Andrade, de Brasília-DF; Marília Ariela, de Fortaleza-CE; e mais 10 professores de Curitiba-PR, cidade onde ocorreu o evento.
Saiba mais: TFC: colóquio e encerramento do ano

TIM Faz Ciência esteve presente em quase 70% das escolas municipais de Curitiba-PR, a 8ª maior cidade do país, em 2016. Foram 136 escolas envolvidas, em um total de, aproximadamente, 250 professores e 15 mil alunos participantes.
Saiba mais: TFC em 70% das escolas de Curitiba

A professora Patrícia Pinho Andrade, de Brasília-DF, criou um projeto de valorização das mulheres com base nas operações intelectuais exploradas em TIM Faz Ciência. As oficinas conduzidas por Patrícia convidam as crianças a refletir sobre preconceitos e generalizações comuns sobre as mulheres, com base em cinco ícones femininos.
Saiba mais: Valorização das mulheres em TFC

Em 2015, foram premiadas Nilza Morais Cunha, de Fortaleza; Elisângela Oliveira Pereira, de Aquiraz-CE; Suelen de Araújo Santos, de São Bernardo do Campo-SP; Ednéia Patrícia Dias, de Florianópolis-SC; Alires Jakobowski, de Massaranduba-SC; e Emily González, da Secretaria Municipal de Educação de Niterói-RJ.
Saiba mais: TFC homenageia professoras no Ceará

Em 2014, como uma forma de homenagear professores dedicados e que se destacaram ao longo do ano, foi realizado o Prêmio TIM Faz Ciência. Em 2014, os educadores ganhadores foram Elba José Cidade Moura, de Porto Alegre-RS; Glória Silva Hamelak, de Fortaleza-CE; e Samuel Dias Macedo, de Santo André-SP.
Saiba mais: TFC premia professores destaque