Instituto TIM   English

O programa Academic Working Capital 2019 está se encaminhando para as últimas etapas, e os grupos participantes mergulham agora nos protótipos de função crítica e na conquista de seus early adopters. Por isso, o foco das atividades da Interação Online II, que aconteceu no dia 14/09, foi a organização das tarefas que cada grupo precisa executar para finalizar seus experimentos e realizar as primeiras abordagens de mercado para vendas.

Os coaches Diogo Dutra, coordenador do programa e mestre em Engeneering Design, e Rodrigo Franco, designer e especialista em Design Estratégico, lembraram que os protótipos e sua testagem com clientes são uma etapa essencial para ir da proposta de valor à engenharia, ou seja, à construção da solução. E que o desafio agora é cumprir o que foi prometido aos early adopters e finalizar a entrega do protótipo de função crítica. “Prometa o suficiente, entregue o básico bem feito. Nem tudo precisa ser automatizado, nem tudo precisa ser de mão beijada. Talvez tenha alguma coisa que você pode pedir para o cliente fazer. Focar no principal e entregar bem feito”, resumiu Diogo.

Para auxiliar nesse desafio, os coaches apresentaram métodos e ferramentas de organização, como metodologia ágil, SCRUM e kan ban. Com base nessas orientações, os grupos trabalharam na montagem de um plano de prototipagem, delimitando as tarefas que pretendem executar, sua prioridade e cronograma. Depois, mostraram o que haviam feito aos colegas e coaches e receberam feedbacks. Esses planos darão origem aos projetos dos protótipos de função crítica que os grupos construirão com o apoio financeiro do programa e exibirão na Feira de Investimentos, em dezembro.

Para encerrar, os estudantes conheceram algumas das lições aprendidas pela Helidrop, startup criada em AWC 2018 e que fornece serviço de pulverização agrícola utilizando drones de alto desempenho. Victor Hugo Turcato e Bruno Bagarini falaram sobre o que aprenderam ao fazer experimentos, como realizaram os protótipos de guardanapo e de baixa fidelidade e a importância desse processo de validação. “Você vai verificar se está no caminho certo antes de construir o protótipo de função crítica e gastar mais dinheiro”, explicou Victor Hugo. “Vira um processo de cocriação entre o cliente e a startup, e você consegue refinar seu produto e ter feedbacks válidos para construir sua solução”, completou Bruno.

Os grupos de AWC 2019 se reúnem novamente em 26/10, na Interação Online III, que focará no plano de negócios.

 

Notícias relacionadas
AWC: Soluções são mostradas a players do mercado
Manter ou pivotar? Dia decisivo para grupos de AWC
NextCam, criada durante AWC 2018, ganha prêmio

Tags: