Instituto TIM   English

As conclusões da pesquisa elaborada pelo Instituto Pereira Passos (IPP) e pelo Instituto TIM foram divulgadas em evento no dia 18 de dezembro, no Teatro de Câmara da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. A ocasião marcou também a formatura dos 100 jovens de 10 comunidades cariocas que foram responsáveis pela coleta de dados no campo.

Em parceria com o IPP, órgão da prefeitura do Rio, o Instituto TIM financiou a pesquisa com o objetivo de conhecer aspectos da vida de jovens em 10 comunidades pacificadas da cidade. Seis mil domicílios foram entrevistados por bolsistas das próprias comunidades, que receberam uma bolsa-auxílio, participaram de formações e utilizaram um aplicativo desenvolvido pelo Instituto TIM para a coleta de dados. O questionário abordou temas de interesse específico dos jovens, como esporte, cultura, acesso financeiro e empreendedorismo.

Segundo Eduarda La Rocque, presidente do IPP, ao traçar o perfil e os interesses dos jovens das comunidades pacificadas, a pesquisa vai contribuir para a formulação de políticas públicas e investimentos da iniciativa privada. Algumas das conclusões da coleta de dados são de que 19% dos jovens entrevistados possuem filhos (27% entre as mulheres); 12,4% deles são provenientes do Nordeste e 17% são responsáveis pelo domicílio. Em relação a escolaridade, a maioria dos jovens entrevistados tem ensino médio incompleto (37,3%) ou ensino fundamental incompleto (31,9%).

Além dos jovens responsáveis pela pesquisa e seus familiares, estiveram presentes no evento a equipe do projeto Agentes da Transformação, representantes do Instituto TIM e do IPP.

Tags: