Instituto TIM   English

CDI Mobilidade Apoiado pelo Instituto TIM, CDI Mobilidade é um projeto piloto que ensina jovens com idades entre 13 e 19 anos de seis comunidades da cidade do Rio de Janeiro a criarem aplicativos para celular O objetivo do projeto – uma iniciativa da ONG Comitê para Democratização da Informática – é de contribuir para aumentar o engajamento social nas comunidades. Uma vez por semana, durante dois meses, os jovens assistem às aulas do curso “Primeiros passos para desenvolvimento de apps”. A expectativa é que cerca de 500 jovens se formem até o fim do ano.

“O maior legado que queremos deixar, além do empoderamento do jovem, é o desenvolvimento de competências: habilidades sociais e comportamentais, habilidades técnicas e resolução de problemas”, conta Marcel Fukayama, CEO do CDI. As aulas são dadas pelos próprios moradores das comunidades. “O foco é que eles falem a mesma linguagem e tenham maior empatia com os alunos”, explica. Durante o curso, os alunos fazem um trabalho de análise, planejamento e desenvolvimento dos aplicativos. No final do ano há uma competição, na qual o grupo que tiver feito o melhor aplicativo do ano ganha um prêmio especial. Os jovens que passam pela formação também são convidados a integrar o centro de tech-ativistas do CDI.

A ideia do projeto é que os aplicativos sejam mantidos após o fim do curso, como um tipo de legado para a comunidade. “A gente pode apoiar o jovem a empreender esse aplicativo, de forma que ele siga evoluindo, trazendo novas funcionalidades para a criação”, explica. As primeiras turmas do projeto começaram as aulas em maio. As próximas turmas já estão agendadas para o começo de setembro, com a meta de chegar a 10 comunidades em 2014.

Por enquanto, as seis comunidades que fazem parte do CDI Mobilidade são Cidade de Deus, Morro da Providência, Complexo do São Carlos, Santa Teresa, Santo Amaro e Querosene.

O Comitê para Democratização da Informática (CDI) realiza há 19 anos projetos relacionados ao uso da tecnologia para transformação social, empoderando comunidades e estimulando o empreendedorismo e a cidadania. A ONG tem unidades espalhadas em aproximadamente 715 comunidades de baixa renda de 10 países. O curso “Primeiros passos para desenvolvimento de apps” é uma adaptação do projeto “Aplicativos para o bem”, realizado pelo CDI na Inglaterra.  Esta é a primeira vez que o curso é realizado no Brasil.

Tags: