Instituto TIM   English

No dia 17 de dezembro, a plataforma Mapas Culturais foi lançada no estado do Rio Grande do Sul, onde está sendo implementada com o nome de Mapa da Cultura – RS. Dezenas de pessoas assistiram à cerimônia de lançamento, realizada no Multipalco do Theatro São Pedro, em Porto Alegre (RS), durante a II Jornada da Cultura – uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura durante a qual o governo lançou editais para setor e prestou contas de suas principais iniciativas nos últimos quatro anos.

“Desde que assumimos, discutimos uma página com essa característica, para que o Estado e os setores culturais tivessem uma maior interação com a população. O público que está lá na pequena cidade do interior sabe o que tem e o que não tem em seu município, portanto essa será uma ferramenta essencial para a cultura gaúcha”, disse o secretário adjunto da Cultura, Jéferson Assumção.

Entre as autoridades presentes estavam o coordenador da Assessoria de Cooperação e Relações Internacionais do RS, Tarson Nuñez; a diretora de Economia da Cultura, Denise Viana; e o vice-presidente da PROCERGS (Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul), Cláudio Dutra.

O estado do Rio Grande do Sul é o primeiro a adotar Mapas Culturais, plataforma digital, em software livre, de gestão cultural e mapeamento colaborativo desenvolvida pelo Instituto TIM para ser utilizada livremente pelos gestores públicos de cultura. A ferramenta já está em utilização no município de São Paulo, onde tem o nome de SP Cultura e pode ser acessada neste link.

GD_20141217190043mapaculturalsem_titulo_lo_2

Crédito da foto: Leandro Osório

Tags: