Instituto TIM   English

Seis Secretarias Municipais de Educação (SMEs) decidiram adotar TIM Faz Ciência oficialmente como projeto das redes de ensino. Nas cidades de Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), São Bernardo do Campo (SP), Santo André (SP), Teresópolis (RJ) e Itapevi (SP), o programa contribuirá para o currículo das escolas municipais em 2015. No ano passado, a adesão dos professores foi voluntária.

“Tivemos um retorno altamente positivo. Por esse motivo, fizemos a inscrição de todos os professores do 4º ano e das turmas do 5º ano que não participaram em 2014”, diz Cecília Prado, chefe da Seção de Valorização do Magistério da SME de São Bernardo do Campo. No total, 11 mil alunos do município terão acesso ao material. “O programa contribui não só com o ensino de ciências, mas com todo o trabalho do professor em sala de aula”, afirma.

Em Porto Alegre, Santo André, Teresópolis e Itapevi, todos os professores e alunos de 4º ano das escolas municipais participarão de TIM Faz Ciência. Em Florianópolis, todas as turmas de 4º e 5º ano farão parte do programa.

Entre os aspectos positivos relatados pelos professores, Cecília destaca as atividades propostas, que atraem as crianças no processo de aprendizagem, a avaliação por rubricas, a interdisciplinaridade e as histórias que iniciam cada operação, por serem interessantes e provocativas. Em janeiro, a SME de São Bernardo do Campo organizou um encontro dos diretores e coordenadores das escolas, orientadores pedagógicos da Secretaria e a equipe de TIM Faz Ciência para a apresentação do programa. Os professores de São Bernardo participarão de quatro encontros formativos ao longo do ano com a equipe de TIM Faz Ciência.

Tags: