Instituto TIM   English

Cerca de 150 pessoas participaram do encerramento anual do programa TIM Faz Ciência e da cerimônia de entrega do Prêmio TIM Faz Ciência em Fortaleza (CE), no dia 11 de dezembro. O evento teve a presença da secretária adjunta municipal de Educação de Fortaleza, Márcia Campos, da secretária municipal de Educação de Aquiraz (CE), Terezinha Holanda, da coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Aquiraz, Sandra Dantas, e do representante do Instituto TIM Sérgio Brasilis. Os convidados assistiram a uma palestra do professor José Sérgio de Carvalho, autor de textos e aulas do material didático de TFC, e a uma homenagem a cinco professoras e uma representante de SME que se destacaram em 2015.

O público presente no Teatro Celina Queiroz, da Universidade de Fortaleza (Unifor), foi formado por representantes de SMEs de 15 cidades e por educadores e alunos de Fortaleza, Aquiraz e São Gonçalo do Amarante (CE). Sérgio Brasilis falou na abertura do evento sobre o sucesso do programa, que em 2015 teve a participação de cerca de 3,5 mil professores e 120 mil alunos. “Neste ano o Instituto TIM comemorou dois anos de existência, e um dos presentes mais bonitos que recebemos foram os relatos enviados por professores e alunos que compartilham conosco as suas experiências e expressam a sua alegria em participar de TIM Faz Ciência”, disse.

Sandra Dantas afirmou que deseja manter a parceria da SME de Aquiraz com TIM Faz Ciência. “Para nós, é um privilégio participar desse programa. Sabemos o quanto é importante e o quanto contribuiu para o desenvolvimento das nossas crianças”. Márcia Campos também agradeceu a parceria com TIM Faz Ciência e declarou que a intenção em 2016 é dobrar o número de escolas participantes em Fortaleza, que neste ano foram 57. “Quando trabalhamos com rede, precisamos de programas bem estruturados, de um caminho para fazer a transposição de boas ideias para a sala de aula, de forma que chegue a muitos professores e escolas”, ressaltou.

O professor José Sérgio de Carvalho, livre-docente em Filosofia da Educação na Universidade de São Paulo (USP), fez uma palestra sobre o tema “Cultura escolar, ensino de ciências e formação ética”, com uma reflexão sobre o papel da escola na formação das virtudes morais dos alunos. Em seguida, a professora Lilian Faversani, uma das responsáveis por elaborar o material didático de TFC, agradeceu a participação dos professores no programa e apresentou a estudante Ana Laura, do 5º ano da EM Quintino Cunha, de Fortaleza. A aluna da professora Nilza Maria Morais Cunha leu uma carta que ela mesma escreveu sobre as atividades que fez em TFC e o que aprendeu durante os percursos.

Cinco professoras foram chamadas ao palco para receber um troféu em reconhecimento às atividades desenvolvidas durante o ano. As professoras premiadas foram Nilza Maria Morais Cunha; Elisângela Oliveira Pereira, do 5º ano da EMEF José Ferreira da Costa, de Aquiraz; Suelen de Araújo Santos, do 4º ano da EMEB Maria Adelaide, de São Bernardo do Campo (SP); Ednéia Patrícia Dias, do 5º ano da EB Maria Tomázia Coelho, de Florianópolis (SC); e Alires Jakobowski, do 4º e 5º ano da EMEF Professora Araci Duarte, de Massaranduba (SC). Para completar as homenagens, a diretora do 1º e 2º ciclos do Ensino Fundamental da SME de Niterói (RJ), Emily González, também recebeu um troféu por sua atuação no programa.

Prêmio TFC 1Prêmio TFC 2Prêmio TFC 3Prêmio TFC 4Prêmio TFC 5

Prêmio TFC 6

As educadoras premiadas: Emily González, Suelen de Araujo Santos, Elisângela Oliveira Pereira, Ednéia Patrícia Dias, Nilza Maria Morais Cunha e Alires Jakobowski

Tags: