Instituto TIM   English

Os dias 29 e 30 de junho foram marcados por três eventos de grande importância para o projeto Mapas Culturais: o III Encontro da Rede Mapas Culturais, o I Encontro da Rede Articuladora de Informações Culturais e o lançamento do Mapa nas Nuvens, instalação de Mapas Culturais no Distrito Federal. O lançamento aconteceu no dia 30 e encerrou a programação dos encontros em Brasília (DF), realizados no Museu Nacional. Participaram gestores públicos, agentes culturais, pesquisadores e autoridades.

O Mapa nas Nuvens foi desenvolvido pelo Instituto TIM em parceria com a Secretaria de Cultura do Distrito Federal e o Observatório de Economia Criativa da Universidade de Brasília. “Eu fico muito feliz em ver uma ferramenta como essa, que vai ser um instrumento de formulação de políticas públicas. É muito importante a população poder acompanhar as atividades que estão sendo realizadas, para que a sociedade possa perceber o papel da economia criativa e que a cultura tem um papel enorme em Brasília”, declarou o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

O secretário de Cultura do Distrito Federal, Guilherme Reis, disse que o Mapa nas Nuvens dará visibilidade aos milhares de eventos que acontecem no DF, sejam grandes ou pequenos. “Queremos expandir essa ferramenta. Esse instrumento irá se transformar em um instrumento de indicadores da cultura”, afirmou. “Hoje a gente não tem essas informações, e essa é uma batalha de todos nós.” Manoel Horacio, presidente do Instituto TIM, reforçou a importância de alianças intersetoriais para a construção de políticas públicas estruturantes. “A potência do projeto está nesse grupo interessado e disposto a trabalhar para que Mapas Culturais seja uma tecnologia relevante por suas funcionalidades e, sobretudo, por seu uso”, comentou.

O III Encontro da Rede Mapas Culturais reuniu representantes dos sete municípios e seis estados que possuem instalações da plataforma, além do Distrito Federal, e participantes de coletivos de cultura digital. Durante os dois dias do encontro, eles trocaram experiências e discutiram sugestões, melhorias e novas funcionalidades para o software Mapas Culturais, reforçando a gestão democrática e o trabalho colaborativo da rede. Também foi realizada uma reunião do grupo de trabalho de Indicadores Culturais do Distrito Federal. O evento foi promovido pelo Instituto TIM em parceria com a Secretaria de Cultura do Distrito Federal.

Por sua vez, o I Encontro da Rede Articuladora de Informações Culturais foi organizado por uma rede de gestores públicos, agentes culturais e pesquisadores que trabalham com software, dados e padrões para a gestão cultural. O objetivo do encontro foi estabelecer princípios e diretrizes.

_MG_7683

Guilherme Reis, secretário de Cultura do Distrito Federal; Márcia Rollemberg, primeira-dama do Distrito Federal; Rodrigo Rollemberg, governador do Distrito Federal; e Manoel Horacio, presidente do Instituto TIM.

_MG_7743 _MG_7854 _MG_7862 IMG_4216IMG_4291_MG_7602

Créditos das fotos: Jéssica Ribeiro

Tags: