Instituto TIM   English

O lançamento da plataforma Busca Ativa Escolar continua – desta vez, a solução está sendo apresentada no 16º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, realizado pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). O evento acontece entre os dias 8 e 11 de agosto no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza-CE, com a presença de dirigentes e equipes técnicas de secretarias municipais de Educação de todo o país.

No dia 9 de agosto, representantes da Undime, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas), da Associação Cidade Escola Aprendiz e do Instituto TIM realizaram uma apresentação da Busca Ativa Escolar no auditório principal do evento para cerca de 600 pessoas. Participaram da mesa o presidente da Undime, Alessio Costa Lima; a presidente da Undime Paraíba, Iolanda Barbosa; o chefe de Educação do UNICEF, Ítalo Dutra; a oficial de Educação do UNICEF, Júlia Ribeiro; a presidente do Congemas, Vanda Anselmo; a diretora da Associação Cidade Escola Aprendiz, Natacha Costa; a representante do Instituto TIM Anna Carolina Meireles; e a representante da equipe da Busca Ativa Escolar Thaís Rigolon.

“O diferencial da Busca Ativa Escolar é proporcionar uma estratégia e uma ferramenta para o município ter um registro de forma sistematizada das crianças fora da escola. A Busca Ativa vem fortalecer esse trabalho institucional por meio de um trabalho intersetorial”, afirmou Alessio. A presidente da Undime Paraíba falou da experiência do piloto em Campina Grande-PB. “Campina Grande teve a oportunidade de fazer parte do piloto da iniciativa e tomou esse projeto como prioridade, tendo bons resultados. Mas o trabalho continua, porque a Busca Ativa Escolar chama a responsabilidade do gestor público”, disse Iolanda.

Por sua vez, Anna Carolina Meireles explicou que o Instituto TIM, com sua expertise em tecnologia, se envolveu no projeto desde o início, atuando como um facilitador para agilizar o processo. “Nós somos parceiros do UNICEF desde 2014 e sabemos que a intersetorialidade é essencial e um grande desafio. Por isso, desde então, estamos debatendo e conversando sobre como ela deve funcionar na prática. A fase de grande potência da Busca Ativa começa agora, com o comprometimento do município, com a vontade política dos secretários e gestores que estão aqui hoje”, declarou.

A plataforma também está sendo apresentada para os participantes em todos os dias do evento no estande do UNICEF, onde a equipe da Busca Ativa Escolar realiza formações com gestores e secretários de Educação e auxilia no processo de adesão à plataforma. Até o momento, mais de 80 municípios já aderiram à plataforma durante o Fórum. No dia 10 de agosto, também aconteceu uma oficina com o tema “Mobilização Intersetorial pelos direitos de cada criança: Busca Ativa Escolar, Educação Inclusiva e Selo Unicef”, em que a plataforma e a estratégia da Busca Ativa Escolar foram apresentadas.

img_5210 img_9877_1img_5156 photo_2017-08-09_22-55-55 photo_2017-08-09_22-55-56

Créditos das fotos: UNICEF

 

Notícias relacionadas:
Assistentes sociais conhecem a Busca Ativa Escolar
Plataforma Busca Ativa Escolar é lançada
Concluído piloto do Busca Ativa

 

 

Tags: