Instituto TIM   English

O Instituto TIM e o Ministério da Cultura (MinC) assinaram um termo de cooperação durante a abertura do Seminário Latino-Americano de Informações e Indicadores Culturais, realizada no dia 15 de dezembro em Brasília (DF). O evento marcou o lançamento público do novo Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC), que utiliza uma instalação do software livre Mapas Culturais para disponibilizar dados culturais de todo o país: a plataforma Mapa da Cultura. Por meio desta parceria, o Instituto TIM dará suporte técnico no desenvolvimento e melhorias na plataforma e capacitação aos gestores do MinC (saiba mais).

O acordo foi assinado pelo secretário de Políticas Culturais do MinC, Guilherme Varella, e pelo presidente do Instituto TIM, Manoel Horacio, logo após a mesa de abertura do seminário. “É preciso que um país do tamanho do Brasil possa agregar seus bancos de dados, mas não tínhamos conseguido concretizar isso. Essa nova plataforma vai permitir que a gestão seja mais planejada, gere memória e possa responder dentro dos indicadores”, disse Guilherme, que fez um agradecimento ao Instituto TIM antes de convidar Manoel Horacio à mesa.

O presidente do Instituto TIM falou sobre a criação e o desenvolvimento de Mapas Culturais. “Com essa nova parceria com o Ministério da Cultura, estamos confiantes de que essa iniciativa tenha alcance nacional. E para que esse objetivo seja alcançado, o Instituto TIM se colocou ao lado do Ministério para contribuir não só em mais aprimoramentos no software, mas na criação de outros recursos que potencializem a adesão de todos”, afirmou Manoel Horacio. Após a assinatura do termo, o coordenador geral de Monitoramento de Informações Culturais do MinC, Leonardo Germani, apresentou o novo SNIIC ao público.

Assinatura termo_Instituto TIM e MinC 1Assinatura termo_Instituto TIM e MinC 2

Mapas Culturais também é utilizado gratuitamente por seis municípios e três estados brasileiros: São Paulo (SP), Sobral (CE), Blumenau (SC), João Pessoa (PB), São José dos Campos (SP), Santo André (SP), Ceará, Rio Grande do Sul e Tocantins. Saiba mais sobre a iniciativa no vídeo abaixo.

Tags: