Instituto TIM   English

Desde 2015, o Ministério da Cultura (MinC) tem uma parceria com o Instituto TIM para a utilização do software livre Mapas Culturais. A parceria começou com a migração do Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) para Mapas Culturais, resultando na criação da plataforma Mapa da Cultura. Além de disponibilizar toda a base de dados do SNIIC, o Mapa da Cultura agrega dados de outras três plataformas que foram criadas pelo MinC a partir do software: Museus BR, Cultura Viva e Mapa das Bibliotecas. O MinC também contribui para a expansão de Mapas no Brasil ao incentivar estados e municípios a aderirem à plataforma. A seguir, saiba mais sobre as quatro instalações de Mapas no MinC (clique nos títulos para ler as matérias completas):

Mapa da Cultura
A primeira instalação de Mapas Culturais no MinC integra informações de agentes, espaços, projetos e eventos culturais de todo o Brasil, além de reunir dados das outras três plataformas do MinC que utilizam o software Mapas Culturais. Qualquer pessoa pode se cadastrar, consultar e contribuir com o registro de informações na plataforma, que já conta com mais de 36.300 agentes e 15.300 espaços culturais cadastrados. O objetivo da ferramenta é conectar e dar visibilidade a todos que são responsáveis por produzir cultura no país.

Museus BR
Dados de mais de 3.700 museus públicos e privados de todo o Brasil estão disponíveis na plataforma Museus BR, gerida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A ferramenta reúne em um único ambiente online as informações coletadas desde 2006 pelo Cadastro Nacional de Museus. Os usuários também podem inserir dados de outros museus – que são verificados pela equipe do Ibram – e pesquisar museus por localização, temática, tipo ou palavra-chave. O registro nacional de museus, previsto por lei, passou a ser centralizado no sistema.

Cultura Viva
A plataforma Cultura Viva é a interface digital do Cadastro Nacional dos Pontos e Pontões de Cultura, que integram o Programa Cultura Viva. O cadastro como um ponto ou pontão de cultura (agentes e organizações culturais que promovem atividades em suas comunidades) pode ser feito no próprio sistema e enviado para avaliação de uma comissão do MinC. A ferramenta é uma forma de integrar os mais de dois mil pontos já identificados em todos os estados do Brasil e de mapear o alcance da política nacional para cultura.

Mapa das Bibliotecas
O Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) lançou o Mapa das Bibliotecas como parte do Cadastro Nacional de Bibliotecas, com o objetivo de que todas as bibliotecas brasileiras estejam presentes no sistema. Além de disponibilizar dados de mais de 7 mil bibliotecas (até o momento) para consulta dos usuários, a plataforma contribui com levantamentos e pesquisas de órgãos públicos – inclusive para acompanhar uma das metas do Plano Nacional de Cultura de que todos os municípios tenham ao menos uma biblioteca pública até 2020.

imagem-geral-mapas-minc

 

Notícias relacionadas:
Gestores e desenvolvedores de Mapas se reúnem
Mapas Culturais chega no Espírito Santo
Mapas disponível em aplicativo

 

 

Tags:
© TIM Celular 2017 - Todos os direitos reservados.